Como surgiu o Dia das Mães?

Como surgiu o Dia das Mães
Fonte: pixabay.com

Apesar de existirem várias teorias sobre o surgimento do Dia das Mães, a mais aceita pelos historiadores é de que essa data comemorativa teve origem no início do século XX, nos Estados Unidos. Em 1905, após perder a mãe, a norte-americana Anna Jarvis decidiu iniciar uma campanha dentro da Igreja Metodista que frequentava, com o objetivo de escolher uma data especial que pudesse homenagear todas as mães.

Nos anos seguintes, vários estados norte-americanos selecionaram uma data específica para a comemoração do Dia das Mães, até que em 1914, o então presidente Woodrow Wilson definiu oficialmente que essa data deveria ser celebrada todos os anos, no segundo domingo do mês de maio.

Já em relação ao Brasil, o Dia das Mães foi adicionado ao calendário de celebrações em 1932, por Getúlio Vargas. Mas antes disso, a data já era comemorada de modo não oficial em várias partes do país, desde o início da década de 20.

Quando o Dia das Mães é celebrado mundo afora?

Em respeito a data estabelecida pelos Estados Unidos, vários outros países, incluindo o Brasil, comemoram o Dia das Mães no segundo domingo de maio. Entre eles, é possível citar Austrália, Alemanha, China, Canadá, Itália e Japão, o que torna essa data a mais reconhecida em âmbito global.

Porém, diversos países acabaram escolhendo outras datas, de acordo com costumes e aspectos característicos de suas culturas. Alguns países lusófonos, por exemplo, como Portugal, Angola e Moçambique, comemoram o Dia das Mães no primeiro domingo de maio, pois é a mesma data em que os católicos fazem homenagens a Nossa Senhora de Fátima.

Na França, por sua vez, a data é celebrada no último domingo de maio, enquanto em vários países, o Dia das Mães possui uma data fixa, como no México e na Índia, em que é comemorado em 10 de maio, e a Polônia, onde esse dia é celebrado em 26 de maio.

Costumes e curiosidades do Dia das Mães pelo mundo

Em vários lugares, o Dia das Mães é comemorado através de tradições históricas ou costumes locais bem diferentes do comum, o que torna interessante descobrir um pouco mais sobre o tema.

– Na Tailândia, a data é comemorada no dia 12 de agosto pois esse é o dia do aniversário da rainha Sirikit Kitiyakara, que de acordo com as crenças locais, é considerada a mãe dos cidadãos tailandeses.

– Entre os bolivianos, o Dia das Mães é celebrado em 27 de maio devido a uma razão histórica. Em 1812, ao longo da guerra de independência, a corajosa guerrilheira Manuela Gandarillas liderou dezenas de mulheres durante uma batalha em Cochabamba. Desde então, a data passou a ser comemorada e, com o tempo, evoluiu para a comemoração em homenagem as mulheres e as mães.

– No Irã, a comemoração acontece no dia 20 do sexto mês do ano islâmico, na mesma data em que os iranianos também celebram o aniversário de Fatimah, que é a filha do profeta Maomé.

– Na Coreia do Sul, tanto o Dia das Mães como o Dia dos Pais são comemorados na mesma data, em 8 de maio. No início, a data era uma homenagem apenas as mães, mas após alguns anos, se tornou costume incluir os pais nessa festividade.

Contudo, independente do país e da cultura, o principal do Dia das Mães é comemorar essa data fazendo algo em família. Para isso, uma atividade simples e divertida é jogar games de roleta com a sua mãe, e se entreter com esse hobby tão cativante.